Crônicos & Agudos

A que devo meu desespero

A injeção de Plasil foi da veia para o cérebro. Não tive tempo sequer de me deitar e o corpo já obedecia a uma ordem que desconhecia. Irreconhecível. Na mente passavam cenas e preocupações, além de uma dúvida descabida: aquele bolo no estômago era mesmo por causa da virose?

O assunto não era tão complicado de explicar pro doutor. Impassível, me olhou como se eu fosse o décimo terceiro com aqueles sintomas naquele dia. Pra ser sincero, me senti meio mal, como se esperasse certa exclusividade. Um ar de surpresa que fosse, pra amenizar o psicológico.

Pois sentei pra tomar a injeção enquanto um senhor bem japonês saia da enfermaria de cadeira de rodas vestindo sunga. Apenas. As peles repuxadas das tetas aproximavam sua idade aos sessenta anos. A tosse e a cara de enxarcado delatavam o domingo etílico que o destinara ao hospital.

A confirmação do que especulava bateu à porta tão logo o senhorzinho saiu. A enfermeira com cara de mal-amada bufou antes de abrir. Recebeu um outro senhor, cabeça bem branca, também de sunga, que agradeceu-lhe efusivamente e se despediu bebadamente:

— O próssimo (sic) sou eeuu.

Devia ser alguma festa da terceira idade. Regada a vodka, mulatas e gamão. Creio que os velhos aprendam a jogar gamão tão logo se tornam velhos. Ou então preciso me arvorar nessa arte sob o risco de continuar sendo a chacota da turma. Em plena velhice.

Então a tripa de mico esmagou meu bíceps tatuado enquanto a agulha injetava o líquido espesso e transparente que, quiçá, me aliviaria. Foi a conta da pior tontura que já senti em toda minha vida. Já anotei o nome do remédio, avisei minha mãe, inclusive.

Achei, mesmo, que não fosse dar conta de um dia chegar com a galera do gamão, de sunga, no hospital pra tomar glicose.

Anúncios

Arquivado em:crônicas

4 Responses

  1. Gabi disse:

    To adorando isso aqui.

  2. Volte sempre, que eu adoro vc por aqui!

  3. cris disse:

    dan, isso é real?

  4. Sim, Cris. Inusitado e real. Mas estou bem. beijo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Este blog é melhor visualizado
no navegador Mozilla Firefox
Crônicos & Agudos é criação de Danilo Sanches. Além desse, o autor escreve para outro blog.
fevereiro 2009
D S T Q Q S S
« jan   mar »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728

RSS Nanocontos no Twitter

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
wordpress visitors
%d blogueiros gostam disto: